COVID-19

SNS 24: 808 24 24 24

Comunicados

Comunicado – 13 março 2020

A Universidade Portucalense (UPT) tem vindo a seguir com total atenção, e desde os primeiros dias, a evolução deste grave problema de saúde pública associado ao COVID-19, tendo até hoje pautado a sua ação pela...

Leia mais

Suspensão das atividades letivas

A Universidade Portucalense (UPT) sempre tem guiado a sua atuação no combate à propagação do COVID-19 pelas recomendações das autoridades de saúde nacionais. Aguardava-se, com expectativa, a reunião de hoje do Conselho Nacional de Saúde...

Leia mais

Residentes em Felgueiras e Lousada – Novo Comunicado

Considerando a informação recebida pela Autoridade de Saúde Nacional, relativamente aos residentes nos concelhos de Felgueiras e Lousada, não se justifica manter a recomendação emanada em 09/03/2020 por esta Universidade, podendo assim esses residentes voltar...

Leia mais

Como proteger-se?

Lave frequentemente as mãos com água e sabão

Tape o nariz e a boca quando espirrar ou tossir

(Com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel ao lixo)

Lave as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir

Se regressou de uma área afetada, evite contacto próximo com outras pessoas

Esteja atento aos sintomas e fatores de risco

(tosse; febre; dificuldade respiratória; realização de viagens recentes de e para zonas afetadas)

Em caso de dúvidas, ligue sempre para o SNS 24

808 24 24 24

Perguntas frequentes

Os Coronavírus são uma família de vírus
conhecidos por causar doença no ser humano. A infeção pode ser semelhante
a uma gripe comum ou apresentar-se como doença mais grave, como
pneumonia.

O novo coronavírus, intitulado SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em janeiro de 2020 na China, na Cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido identificado em seres humanos, tendo causado um surto na cidade de Wuhan, doença entretanto designada como COVID-19. A fonte da infeção é, ainda, desconhecida.
As pessoas infetadas podem apresentar sinais e sintomas de infeção respiratória aguda, como febre, tosse e dificuldade respiratória. Em casos mais graves, pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte. O período de incubação da doença pode variar entre 2 a 14 dias.
Não existe vacina. Sendo um novo vírus, estão em curso as investigações para o seu desenvolvimento.
O tratamento para a infeção por SARS-CoV-2 é dirigido aos sinais e sintomas apresentados
  • Evitar contacto próximo com doente/s com infeção respiratória;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente, após contato direto com pessoa/s doente/s;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel ao lixo);
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir.

Deve dirigir-se de imediato para a área de isolamento indicada (sala 501 – o percurso deve realizado por fora do edifício) e informar (presencial ou telefonicamente) a pessoa responsável definida na entidade em que se encontrar. Uma vez na sala de isolamento, deverá colocar a máscara de proteção, contactar a linha SNS24 (808 24 24 24) e seguir as instruções indicadas. Para informações mais detalhadas, consulte o Plano de Contingência da UPT.

Se regressou de uma área de transmissão comunitária ativa nos últimos 14 dias e não apresenta sintomas, deve adotar medidas de etiqueta respiratória e distanciamento social. Deverá manter as atividades letivas ou profissionais, com auto-vigilância de sintomas, como febre, tosse e dificuldade respiratória. Se aparecerem sintomas, deve ligar imediatamente para a linha SNS24 808 24 24 24.

Contacte-nos!

Deixe aqui a sua questão/dúvida.


Voltar ao topo